Como comer melhor? Veja dicas para mudar os hábitos alimentares da família

Hábitos são atividades de constantes repetições que acabam se tornando rotineiras no nosso dia a dia e para mudá-los é preciso dedicação, principalmente, quando essa mudança precisa ser em família.
Como comer melhor Veja dicas para mudar os hábitos alimentares da família

Sumário

Não é uma jornada fácil, mas também não é nenhum bicho de sete cabeças, de forma gradual e com força de vontade, é possível mudar e melhorar a alimentação em casa. Afinal, como comer melhor?

O processo de reaprender a construir a relação com a comida, evitando dietas radicais e usufruindo de todos os benefícios de uma alimentação balanceada, são favoráveis para toda a família.

É preciso sair da zona de conforto e dar o primeiro passo, isso você já fez. Pensando nisso, a Filóo Saúde trouxe dicas de como comer melhor. Acompanhe! 

Você já deve ter ouvido várias vezes a expressão “quanto mais colorido o prato, melhor” e isso é totalmente verdade, o ideal é que a alimentação seja bem colorida. Isso quer dizer que quanto mais variedade no prato, mais nutrientes. Tente consumir alimentos com as cores: verde, vermelho, laranja, amarelo, branco, preto e roxo. 

É importante preferir os alimentos naturais, como frutas, verduras e legumes, ou os minimamente processados, como farinha, leite e castanhas. Outra dica é evitar frituras, sendo assim, opte pelo assado ou cozido.

Para ter um melhor resultado e um cardápio com os alimentos certos para a rotina da sua família e bastante plural, consulte um nutricionista. Encontre o mais perto de você pelo nosso aplicativo Filóo Saúde.

Reduzir o consumo de açúcar é um passo difícil, mas ele é um grande vilão para a saúde da sua família. O excesso pode levar a sérios problemas como diabetes e obesidade, que eleva o colesterol e consequentemente te deixa vulnerável a problemas cardiovasculares. 

Comece gradualmente substituindo o açúcar por adoçante, claro, sem cometer exageros. Após isso, comece a aproveitar e curtir o açúcar e o gosto natural dos sucos e do café. Inclusive, opte sempre pelo suco feito da fruta no lugar do saquinho vendido no mercado. 

Analise sempre o rótulo dos produtos que você compra no mercado, uma vez que os ingredientes e métodos usados para fabricar processados alteram para pior a composição nutricional. Eles podem ser consumidos como ingredientes de receitas ou complementos do prato, mas sem abuso. 

Salgadinhos e refrigerantes são produtos que devem realmente ser retirados da alimentação da sua família, principalmente das crianças. Eles são viciantes e causam muitos problemas de saúde. Portanto, atente-se a isso e não acostume crianças a comê-los desde cedo. 

Não sabe como comer melhor? A Filóo te ajuda a encontrar o profissional que você necessita para te ajudar nessa meta. Clique aqui e saiba mais. 

Coma devagar, aprecie a comida com calma. Pessoas que comem muito rápido tendem a se alimentar mais e podem até ter problemas com refluxo após a refeição. Você sabia que o nosso corpo demora 20 minutos para entender que está saciado?

Além disso, procure focar na sua alimentação, não mexa no celular ou assista TV durante as refeições, isso te distrai e faz com que você coma mais do que o necessário.

Organização é tudo! Planeje as compras, organize as despensas e defina com antecedência o cardápio da semana. Isso também vai te ajudar a economizar e a evitar o desperdício de alimentos. 

Monte o planejamento alimentar da sua família refeição por refeição. Tenha em mente também alimentos saudáveis na hora que der aquela vontade de “beliscar”. Opte por fazer a maior parte das suas compras na feira, porque às vezes você não consegue imaginar a variedade de frutas e legumes, mas vendo as opções ao vivo e fresquinhas, vai ser impossível não levar. 

Outra dica muito importante é: não faça compras com fome. Quando estamos satisfeitos, tendemos a comprar somente aquilo que é necessário, mas quando estamos com fome acabamos cedendo às tentações e compramos alimentos nada saudáveis, principalmente aquelas que é só abrir e comer, além de comprar tudo em maior quantidade. 

Será que o volume de água que você consome é o suficiente? Para calcular a quantidade ideal basta multiplicar seu peso por 30. Ela protege nossos órgãos vitais e os ajuda a absorver melhor os nutrientes, ajuda o metabolismo, protege e hidrata nossas articulações e células. 

Oriente a sua família a andar sempre com uma garrafinha de água, dentro e fora de casa. Caso esteja muito calor, opte por deixar uma jarra na geladeira, é um incentivo ter água gelada a disposição.

Espero que essas dicas tenham te ajudado a desvendar como comer melhor e mudar os hábitos da sua família. Rumo a uma alimentação saudável e nutritiva. Precisando de ajuda, conte com a Filóo Saúde, cuidado e atenção primária.

Quer iniciar os cuidados com a saúde?

Últimos posts

Compartilhe