O que é autocuidado? Dicas para colocar em prática

30 de setembro de 2021 06m27s de leitura

Compartilhe

O que é autocuidado? Dicas para colocar em prática

Cuidar de nós mesmos pode parecer um pouco redundante, mas não é. Todo mundo já ouviu essa palavra como conselho, mas saber o que é autocuidado pode fazer toda a diferença. 

Encontrar valor nos momentos em que separamos para apenas nutrir de cuidados nosso corpo e mente, proporciona um bem-estar físico e emocional mais duradouro. 

Já ouviu muito sobre isso mas tem dúvidas de como praticar no seu dia a dia? Então confira o texto que preparamos para te ajudar a entender o que é autocuidado e como incluí-lo na sua rotina. 

O que é autocuidado?

O próprio nome já nos dá uma dica, ele se refere ao conjunto de ações que cada indivíduo exerce para cuidar de si e promover uma melhor qualidade de vida.  Existem algumas dicas e atitudes mais gerais que ajudam a pessoa a entrar no rumo, mas a forma exata de fazer isso, deve estar de acordo com os desejos, necessidades e interesses de cada um. Por isso, acaba que cada pessoa encontra também maneiras próprias de se cuidar. 

Cuidar da gente mesmo pode parecer um desafio em meio à rotina do dia a dia. Isso porque, muitas vezes somos atropelados pelas demandas que temos no trabalho, com a família e não dá tempo de olhar com amor para as nossas necessidades.

Quais são os tipos de autocuidado?

Como dito anteriormente, existem formas diferentes de se cuidar. Além disso, existem focos diferentes para o seu cuidado. Veja a seguir os principais: 

  • Emocional: por muitas vezes não é o primeiro que ver a cabeça, mas ele destaca-se como luz vermelha de atenção. Para cuidar desse ponto, é necessário autoconhecimento. Se conhecer mais nos permite entender o que nos faz bem ou não, e aprender a escolher ficar ou ir embora.
  • Físico: cuidar do nosso corpo é muito importante, afinal, é ele que nos sustenta para estar apto às atividades do dia. Por isso, uma forma de cuidar desse aspecto é fazendo atividades físicas, mantendo uma alimentação equilibrada. Com o seu corpo saudável fica mais fácil lidar com a rotina.

É interessante também procurar um nutricionista para ajudá-lo com uma dieta mais adequada. A Filóo saúde te ajuda a encontrar o profissional que você necessita para o melhor tratamento. Clique aqui e saiba mais. 

  • Mental: a sua mente também precisa ser cuidada e estimulada. Por isso, ter hobbies que não tenham a ver com as suas obrigações, como ler livros, assistir a filmes e cozinhar, fazem com que ela trabalhe melhor e mais leve.

O que fazer para colocar em prática?

Com o passar do tempo, conforme você for se acostumando a se conhecer e manter cuidados diários, vai acabar desenvolvendo práticas únicas de autocuidado. Porém, para dar o primeiro passo, seguem algumas dicas: 

  1. Aprenda a gostar da própria companhia. Você, antes de qualquer outra pessoa, precisa ser seu melhor amigo. Ter um momento consigo mesmo para fazer o que você gosta e deseja.
  1. Tomar um banho confortável e sem pressa, só pelo prazer de estar ficando limpa, não por precisar sair ou ver alguém. Experimente usar óleos, cremes e sabonetes de cuidados corporais, com aquele cheirinho que você ama.
  1. Durma bem, descansar, de forma literal o seu corpo é essencial para o autocuidado. A falta de um sono de qualidade pode trazer problemas sérios, não subestime a importância dessa etapa. 
  1. Tenha uma atenção especial para aquilo que te sustenta todos os dias, os seus pés. Fazer um escalda-pés, por exemplo, é uma forma de fazer isso, além de esfoliar e passar creme. Coloque em uma bacia água quente, sal grosso e algumas gotas de um óleo essencial, mantenha seus pés na água por 20 minutos ou pelo tempo que achar necessário, por repetir o processo sempre. 
  1. Faça uma meditação ou pratique yoga. a prática da meditação pode acalmar e ampliar o seu canal de escuta própria. Observe seus pensamentos, seja amiga deles, isso pode ajudar a diminuir a ansiedade. 
  1. Encontre um hobby, como desenhar ou ler um livro. Um bom jeito de retomar essas práticas, é estipular pequenos períodos, como algo entre 5 ou 10 minutos, para dedicar-se a elas. Não pode virar uma obrigação, viu?

No final das contas, o mais importante é escutar seu corpo e mente, eles que vão te nortear para todas as suas práticas. Espero que o texto tenha te ajudado a entender o que é autocuidado e como colocá-lo em prática. Para mais conteúdos relevantes, nos acompanhe nas redes sociais

Na dúvida, procure um profissional de saúde. E se precisar, lembre-se: conte com a gente. Cartão Filóo Saúde.