Alergias na pele: saiba tipos, causas e sintomas

01 de fevereiro de 2021 06m38s de leitura

Compartilhe

Alergias na pele: saiba tipos, causas e sintomas

Você pode até pensar que as alergias na pele são apenas coceiras que logo passam, mas na verdade, a condição é uma doença de pele crônica sem cura. Quando não dada a devida atenção, o problema clínico pode causar lesões no corpo e até mesmo fazer com que a pessoa desenvolva outro tipo de doença. 

Há dois tipos de alergias, as de contato e as urticárias. Elas se diferenciam entre si pelo agente desencadeante e tipo de tratamento, sendo a segunda forma mais difícil de detectar. 

Embora as alergias atinjam muitos adultos e crianças, a condição é confundida com uma simples reação do nosso corpo que causa coceira e vermelhidão, mas que sumirá com o tempo. Por isso, a Filóo preparou um conteúdo sobre o tema para você ficar de olho. Acompanhe! 

O que causa alergias na pele?

As causas das alergias na pele variam. Entre os agentes desencadeantes das alergias de contato mais comuns, podemos citar produtos de limpeza, de beleza, desodorante, intoxicação alimentar, plantas, pelos de animais, picadas de mosquito, peças de joalheria e bijuterias. 

Esses agentes, ao entrarem em contato com a pele, geram vermelhidão, irritação, formação de edemas e bolhas. 

Já as urticárias podem ter causas espontâneas, que é quando a doença não apresenta um agente causador, nesse caso, ela pode ser identificada por estímulos físicos como calor, pressão, sol ou infecções. 

Quais são os tipos de alergia?

Confira os principais tipos de alergias:

Dermatite de contato


A dermatite de contato é caracterizada pela irritação na pele causando placas vermelhas, ardor, queimação e intensa coceira na pele como resultado da reação do nosso corpo à exposição de determinadas substâncias inflamatórias. 

Há dois tipos de dermatite de contato, sendo a mais comum aquela causada pelo contato da pele com agentes naturalmente irritantes. Já a outra condição é comum após contato da pele com substâncias na qual o paciente é alérgico. A dermatite é uma doença comum que pode acometer crianças, adultos e idosos. 

Sente incômodo na pele após usar detergente, produtos de limpeza no geral ou bijuterias? Com o cartão Filóo Saúde, você pode agendar consultas com dermatologistas por um preço abaixo do mercado. Cadastre-se agora!

Dermatite atópica 

A dermatite atópica é um problema de pele genético e crônico que causa pele seca, vermelhidão ou inflamação da pele ao redor das bolhas e coceira. Algo característico desse tipo de dermatite é o aparecimento dos sintomas nas dobras dos braços e na parte de trás dos joelhos. 

Urticária espontânea 

A urticária espontânea atinge mais de um milhão de pessoas no Brasil, e ainda assim é desconhecida por grande parte da nossa população. A doença é caracterizada pela intensa  coceira nas placas vermelhas da pele

Os pacientes que apresentam o quadro sofrem bastante, eles não conseguem se concentrar e nem dormir direito tamanha a intensidade da coceira. Os sintomas lembram a da alergia de contato, porém, ocorre de forma espontânea, isso é, ela não apresenta agente causador (alimentos, pó, pelo de cachorro, entre outros), o próprio corpo causa a reação. 

As placas vermelhas chamadas de urticas ficam centralizadas na mesma parte do corpo por até 24 horas, mas depois reaparecem em outros locais do corpo. O estresse é tão grande que 65% dos pacientes desenvolvem transtornos psiquiátricos (ansiedade e depressão). 

Urticária alérgica

Ao contrário da urticária espontânea, a alérgica pode ser desencadeada pelo contato com substâncias, como látex e tintas ou por medicamentos e picadas de inseto. A doença não contagiosa causa coceira e placas vermelhas na pele.

Como diagnosticar alergias na pele? 

O diagnóstico de alergias na pele pode ser feito por meio de testes realizados por dermatologista ou alergologista. Os procedimentos são direcionados de acordo com as causas e sintomas. A investigação nem sempre é rápida, uma vez que é preciso encontrar quais componentes o paciente tem alergia. 

Tratamento para alergias na pele

Os tratamentos para os incômodos na pele são indicados por dermatologistas ou alergologistas e variam de acordo com o tipo de alergia que os pacientes apresentam.

Normalmente, o tratamento é feito com anti-histamínicos ou com corticóides na forma de pomadas, com o objetivo de aliviar e tratar os sintomas da alergia e aliviar a coceira e vermelhidão.  

Como você pode perceber, os sinais de alergias na pele são bem característicos. Se você apresenta algum desses sintomas citados acima, não deixe de consultar com um dermatologista. 

Filóo Saúde, cuidado e atenção primária. 

Dicas para manter uma vida saudável? Confira nossa matéria!

Esse conteúdo foi útil para você? Compartilhe essa publicação com amigos e familiares!