Saúde mental: 5 cuidados indispensáveis para você e sua família!

09 de setembro de 2020 05m50s de leitura

Compartilhe

Saúde mental: 5 cuidados indispensáveis para você e sua família!

Trabalho corrido, cuidar da casa e dos filhos. Uma rotina que arrepia o cabelo e também cansa a cabeça! E como está a sua saúde mental nesse contexto? De acordo com pesquisa da Isma-BR, 72% dos brasileiros que estão ativos no mercado de trabalho sofrem com estresse

Mesmo sendo o país onde os índices com pessoas que sofrem com transtornos mentais atinja os 86%, o brasileiro não possui o hábito de cuidar da sua saúde mental. Dessa forma, desde 2014 é realizado a campanha do Setembro Amarelo

Setembro Amarelo é um projeto organizado pela Associação Brasileira de Psiquiatria - ASP com a parceria do Conselho Federal de Medicina - CFM, com intuito de realizar a conscientização da saúde mental e prevenção ao suicídio.

Em apoio a data, trouxemos um guia prático de como cuidar da sua saúde mental!

Como está a sua saúde mental?

Os sintomas podem estar na sua rotina e devem ser levados a sério. O Setembro Amarelo busca não só combater o suicídio, mas promover o cuidado e a prevenção dos riscos dos transtornos mentais

As causas ou fatores de risco podem ser diversos, como evento traumáticos, predisposição genética ou abuso de drogas. Além disso, podem se manifestar de diversas formas: ansiedade, depressão, esquizofrenia ou bipolaridade

Cada doença possui seus sintomas específicos, contudo alguns mais abrangentes já podem ser um sinal de alerta!

  • Dificuldade para dormir 
  • Está sempre ansioso 
  • Alteração de humor
  • Distanciamento social
  • Esquecimento frequente 

Se você se identificou com 2 ou mais sintomas, trouxemos 5 cuidados que você precisa começar já. 

1 - Cuide da sua alimentação

Nós somos o que nós comemos. Nosso corpo reflete diretamente o que ingerimos durante o dia! Por isso, cuide da sua alimentação, opte por um cardápio equilibrado e variado. Alimentação é muito além da forma física, também é bem-estar.

2 - Pratique atividades físicas

Sabemos que os exercícios físicos nem sempre cabem na sua rotina, mas 30 minutos de atividades já podem fazer grande diferença na sua saúde. Opte por caminhar quando tiver que fazer um trajeto curto ou, se possível, direcione um horário para isso.

Praticar exercícios faz com que seu corpo libere endorfina e sinta o bem-estar. 

Aqui na Filó você pode realizar check-ups por um preço muito mais acessível! Saiba mais. 

3 - Durma bem 

Bons sonhos, bons dias. Dormir bem te ajuda a cuidar da saúde mental, diminuir os riscos de estresse e transtornos emocionais. Por isso, especialistas afirmam que interrupções no sono podem afetar os hormônios do sono. Para dormir bem, separamos mais dicas: 

  • Limite seu tempo na cama
  • Tome um banho morno antes de deitar 
  • Evite discussões à noite 
  • Identifique melhores rotinas para dormir 
  • Evite cochilos por mais de 30 minutos durante o dia

4 - Priorize sua felicidade!

Você gosta de dançar ou ler um livro? Faz quanto tempo que não faz isso?

Muitas vezes deixamos atividades importantes para nós de lado, priorizando trabalho ou até mesmo coisas menos importante. Portanto, cuidar da sua saúde mental é respeitar suas escolhas e sua felicidade.

Por isso, separe na agenda um momento para ver aquele filme, fazer uma meditação ou até mesmo sair com os amigos. O importante é que você esteja feliz!

5 - Consulte um psicólogo

O acompanhamento psicológico nos ajuda a entender nossa personalidade e a forma como agimos. Por isso, colabora na organização de nossas vidas e emoções! Manter este contato fortalece nossa saúde mental, reforça nossas relações e colabora no amor-próprio.

Quebre o tabu do tratamento, um psicólogo pode ser o espaço que você precisa para aliviar a tensão da semana, tomar decisões com mais clareza e viver com mais tranquilidade.

Na Filóo, consultas com psicólogo cabem no seu bolso. Saiba mais aqui!

Incorpore essas dicas em sua rotina. Cuidar da sua saúde mental é cuidar de você, da sua família e dos seus amigos!

Então não se esqueça: sempre procure um profissional responsável!

Gostou do material? Compartilhe!